Quem toma remédio para emagrecer pode tomar cerveja?

Compartilhe

Respondemos a duvida dos leitores: Quem toma remédio para emagrecer pode tomar cerveja?

No mundo atual, as pessoas estão cada vez mais tentando cuidar da forma fisica e ficar no peso ideal. Porém , infelizmente muita gente acaba fazendo isso com o uso de remedio para emagrecer. E pior ainda, muita gente toma esses remédios e não abre mão da cervejinha no final de semana.É por isso que no artigo de hoje, vamos responder a duvida de muitos leitores: Quem toma remédio para emagrecer pode tomar cerveja? Acompanhe e veja a resposta.

Quem toma remédio para emagrecer pode tomar cerveja?

Quem toma remédio para emagrecer pode tomar cerveja

Não! Em primeiro lugar, se você quer emagrecer, deve evitar a cerveja pois ela é um alimento super calórico. Mesmo que voce não esteja tomando remédio, as calorias presentes na cerveja podem atrapalhar e muito sua dieta.

Confira a porcentagem de álcool e as respectivas calorias das bebidas mais consumidas pelos brasileiros.

– Cerveja: 1 lata de 350ml: 147 calorias

– Vinho branco doce: 1 taça de 125 ml: 178 calorias

– Vinho branco seco: 1 taça de 125 ml: 107 calorias

– Vinho Rosé: 1 taça de 125 ml: 93 calorias

– Vinho tinto seco: 1 taça de 125 ml: 107 calorias

– Champanhe, filtrados, espumantes: 1 taça de 125 ml: 85 calorias

– Vodka: 1 cálice de 20 ml: 48 calorias

– Uísque: 1 dose de 100 ml: 240 calorias

Remedios para Emagrecer e Alcool – uma combinação terrível

Se você está tomando remédio, para que o medicamento faça o efeito desejado, é preciso que ele seja absorvido para a corrente sanguínea e cheguem ao local em que o seu efeito é esperado. Em seguida, ele deve ser metabolizado pelo fígado e então eliminado pela urina e pelas fezes. Essas etapas precisam ocorrer de maneira adequada para que o tratamento seja efetivo e seguro. O álcool, no entanto, pode interferir em alguns desses processos e trazer todas as consequências catastróficas que mencionaremos abaixo. Os remedios para emagrecer normalmente são inibidores de apetite, veja os problemas:

Inibidores de apetite

Pode causar tontura, vertigem, fraqueza, síncope, confusão mental e outros sintomas ligados ao sistema nervoso central. A sibutramina de 5 a 20 mg por exemplo, tomada uma vez ao dia, foi associada a aumentos médios na pressão arterial sistólica e diastólica. Os efeitos colaterais cardiovasculares incluíram taquicardia, vasodilatação, enxaqueca, aumento da pressão arterial e palpitações, arritmias, infarto do miocárdio e parada cardíaca.O alcool agrava todos esses problemas. por isso se voce esta tomando remedio para emagrecer fique longe do alcool, cerveja, vinhos e afins.

Insulina e Hipoglicemiantes (antidiabéticos)

Pode gerar hipoglicemia, pois inibe a disponibilidade de glicose realizada pelo organismo. Também pode causar aversão do organismo ao medicamento. O uso agudo de etanol prolonga os efeitos do medicamento; já o uso crônico, inibe os antidiabéticos.

Conclusão

Esperamos que tenham gostado das informações pessoal!

Já falamos em outro artigo sobre como fazer Receitas Saudáveis: conheça as 100 mais Fáceis de fazer! para comer gostoso e emagrecer.

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários

Fonte: Governo do Brasil

Entusiasta da alimentação saudavel, adoro ler e escrever. Atuo como redator e compartilho meus conhecimentos com o Receita Fit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *