Acessórios e jóias voltam à tona para o look masculino

Compartilhe

Joias masculinas são mais comuns em prata, mas não precisam necessariamente ser desse material. Ouro, aço, couro e até pérolas são usadas na confecção das peças atualmente

Consideradas itens que passaram a ser usados com mais frequência e variedade no século XX, as joias masculinas fazem parte da personalidade e do status dos homens desde a Idade da Pedra, quando eram ostentados amuletos como dentes, garras e peles de animais. 

Com o passar do tempo, elas passaram a significar poder dentro de sociedades cada vez mais hierarquizadas e segregadas economicamente. Entretanto, do ocidente ao oriente, quanto mais civilizadas as comunidades se tornavam, mais importância era atribuída aos ornamentos e mais materiais eram usados em sua fabricação.

joias masculinas

Até o século XVIII, era comum que homens e mulheres usassem joias como brincos e colares para se destacar. No século XIX, um período mais formal no qual reinavam os ternos, os acessórios foram deixados de lado, para voltar com tudo a partir da metade do século XX, quando nas décadas de 1960 e 1970 a moda passou por grandes mudanças, com a popularização dos artistas da música e do cinema, que levaram consigo seus estilos e cabelos longos.

A popularização do futebol e de gêneros como o rap com o passar das décadas também ajudou a disseminar os brincos. Maradona, Romário, Ronaldo, Ronaldinho, David Beckham e, mais recentemente, Neymar; todos e muitos outros foram e são adeptos desse tipo de ornamento, que foi proibido de ser usado em campo, mas está sempre presente fora dele.

Os adornos masculinos – que um século atrás eram limitados ao relógio e, talvez, a uma corrente de ouro – passaram a incluir ao longo dos anos todo tipo de peça, como pulseiras, anéis, brincos, piercings, etc. 

Ouro

O dourado nunca sai de moda e está em alta entre artistas pop. Muito presente em pulseiras e correntes mais discretas décadas atrás, atualmente ele faz parte também de peças mais ousadas de brincos e colares mais grossos, como os usados por artistas norte-americanos de estilo mais street.

cordao ouro homem

A maior parte dos homens, no entanto, prefere peças no estilo correntaria. Essas joias ficam muito bem na cor dourada, e o ideal é não escolher algo muito exagerado. Tenha preferência por algo mais equilibrado e evite usar tantas peças de ouro ao mesmo tempo para não sobrecarregar o visual.

Prata

As joias de prata são mais populares entre o público masculino, pois são neutras e mais discretas. Os designs de pulseiras, anéis e correntes podem ser ainda mais marcantes e rígidos que os de ouro, mas há quem prefira um acessório mais discreto. Neste caso, correntes com elos menores, colares com crucifixo e escapulários caem muito bem para quem procura estilo sem abrir mão de ser discreto.

Com a possibilidade de levar uma pedra acoplada, os brincos também fazem sucesso no mercado de joias, mas os anéis de prata 925 têm se popularizado bastante nos últimos anos. A dica aqui é escolher modelos mais discretos se você usa mais de um, ou um modelo mais ousado se você utilizar um acessório apenas.

Aço

Por possuir cor parecida e apenas um pouco menos de brilho em relação à prata, o aço também é bastante popular entre o público masculino atualmente. Geralmente feitas em aço cirúrgico, as peças mais procuradas são brincos, colares, pulseiras e anéis.

Há muita variedade e é possível ainda que a joia emule a cor dourada do tradicional ouro. A tonalidade do aço é mais fechada, ele é durável e o seu preço mais em conta. Por isso, é o material escolhido por muitos.

Couro

pulseira couro homem

Outro tipo de acessório muito buscado por homens são os de couro. Mais informais e casuais, várias peças podem ser usadas ao mesmo tempo e combinam muito bem com um estilo mais alternativo.

Há colares e anéis feitos do material, mas o carro-chefe são as pulseiras, que podem variar bastante de largura e não sobrecarregam um look tão facilmente quanto os metais. Aliás, joias em couro mais sóbrias podem compor visuais mais formais.

Pérola

O que há pouco tempo poderia ser considerado bastante raro, hoje em dia tem se tornado cada vez mais comum: a pérola também passou a ser um item presente na joalheria masculina. 

Depois de aparecer em passarelas de grandes marcas mundiais e no pescoço e na orelha de artistas como Harry Styles (eleito um dos homens mais bem vestidos de 2020), as pérolas passaram a compor um visual que alia modernidade ao tradicionalismo. Se você gostou da ideia, lembre-se ainda de que a pérola não precisa ser sempre aquela redondinha; as em formato de gota ou as mais rústicas também devem ser consideradas.

As joias masculinas têm se tornado cada vez mais populares, vêm ganhando atenção especial das fabricantes de todo o mundo todo e a tendência é que o mercado se reinvente ainda mais ao passo em que a sociedade se transforma: em 2021, pela primeira vez em seus 184 anos de história, a marca de joias de luxo Tiffany & Co. passou a desenvolver anéis de noivado masculinos, com peças que podem levar diamantes de até 5 quilates.

Claro que a maior influência continua sendo a indústria da música, do cinema e o mundo dos artistas pop, mas a tendência é que cada vez mais as pessoas se desprendam de padrões sociais afirmados durante muito tempo e que essas mudanças sejam refletidas no mundo da moda.

Entusiasta da alimentação saudavel, adoro ler e escrever. Atuo como redator e compartilho meus conhecimentos com o Receita Fit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *