Reeducação alimentar: Como iniciar uma mudança de hábitos?

Compartilhe

A reeducação alimentar é algo fundamental na vida de quem pretende ter um corpo saudável. Não só quem está acima do peso, como também quem tem maus hábitos alimentares, ela é o principal fator que contribui para uma mudança.

Não é novidade que as chamadas ‘dietas milagrosas’ não causam o efeito esperado em quem quer emagrecer. Principalmente porque depois que chegam ao fim, a pessoa volta a ter o peso que perdeu anteriormente.

A luta contra a balança é algo que exige força e determinação, e isso deve começar principalmente através de uma boa alimentação.

Se você tem interesse em saber mais sobre esse assunto, continue lendo este conteúdo.

Como colocar em prática a reeducação alimentar?

reeducacao alimentar

Muito diferente da dieta, a reeducação alimentar como o nome já sugere é algo que proporciona ao indivíduo uma consciência sobre aquilo que ele está ingerindo.

Assim, ele consegue comer o que quiser mas de maneira controlada, educada, sem extrapolar seus limites.

A reeducação é o único caminho que leva uma pessoa a concluir seus objetivos sem que tenha um efeito rebote. O lema deste método é emagrecer com saúde.

Muitas vezes as pessoas que tentaram passar por diversas dietas e não obtiveram sucesso, tiveram de recorrer a cirurgias.

A reeducação alimentar é um meio que incentiva o indivíduo a não ter que recorrer a nenhum remédio ou a cirurgias para que possam chegar ao seu peso ideal.

Para que os resultados se mantenham, o ideal é que a pessoa continue mantendo os bons hábitos e os leve para a vida. Sendo assim, será preciso incluir uma rotina alimentar que contenha:

  • Frutas;
  • Verduras;
  • Legumes;
  • Carnes magras;
  • Proteínas;
  • Carne branca;
  • Bastante líquido.

É muito importante acima de tudo, que a prática para iniciar a reeducação alimentar seja feita sob a orientação de um nutricionista. Isso porque ela é um processo gradual e que deve levar em conta os hábitos e estilo de vida anteriores de cada pessoa.

O nutricionista fará então uma avaliação geral para que se possa determinar a quantidade de peso a se perder de acordo com cada indivíduo. Basicamente, para ter uma rotina de alimentação saudável a pessoa precisa:

Comer na hora certa

Os hábitos alimentares na hora certa fazem com que se crie uma rotina e que a pessoa não fique dependente de comida o tempo todo.

alimentos saladas

Tudo na vida é construído através de hábitos, sendo assim, com alimentação não é diferente. No início pode ser um pouco difícil introduzir isso na prática, mas logo logo esse se torna um hábito fundamental na rotina de cada pessoa.

Seguir o plano alimentar é vital para que o objetivo seja concluído. Além disso, estipular horários para não comer tarde e ter uma melhor digestão é uma das melhores estratégias.

Beber muita água

A hidratação é boa não só como parte de uma rotina alimentar, mas para o corpo todo em si, independentemente da situação.

Isso porque através da água, um elemento sem calorias e totalmente limpo, é possível eliminar toxinas com maior facilidade, fazendo com que os elementos ruins não façam parte do corpo da pessoa.

O ideal é que uma pessoa beba cerca de 2 litros de água por dia para que passe a se considerar hidratado e tenha bons efeitos.

Reeducar o paladar

A parte mais difícil para algumas pessoas sobre a reeducação alimentar é adequar o paladar para a introdução de novos alimentos.

Deixar de comer gorduras, evitar exageros e carboidratos, deixar de consumir alimentos processados com frequência e passar a consumir mais alimentos frescos, é um verdadeiro desafio.

Principalmente porque há pessoas que não possuem o costume de consumir vegetais, saladas, etc. E todos esses elementos são vitais e os que mais contribuem para uma alimentação balanceada.

Por isso, o ideal é seguir receitas que tenham esses ingredientes como opções, mas que não precisam ser consumidos em sua forma natural.

Por exemplo, uma torta de legumes pode cumprir muito bem a função de reunir vários legumes em uma receita super saborosa.

Faça exercícios

Logicamente que, para alcançar a boa forma e viver mais e melhor, não basta apenas seguir uma boa alimentação, apesar dela ser um dos fatores principais.

É preciso também realizar exercícios para que se possa combater o sobrepeso, desnutrição e passar a ganhar massa muscular e massa magra.

Alimentação adequada e exercícios físicos são a combinação perfeita para perder peso, baixar colesterol, diminuir as chances de obesidade, diabetes, prevenir doenças e ter uma qualidade de vida boa.

Claro que é necessário muita perseverança durante esse caminho, por isso não se pode desanimar e é fundamental contar com a ajuda de um profissional.

Como colocar em prática a reeducação alimentar?

O primeiro passo é o mais importante, que é tomar iniciativa. Depois, basta ir se adaptando da melhor forma possível. Algumas dicas que podem ajudar são:

  • Se alimentar devagar e descansar entre uma porção e outra;
  • Beber muita água ao longo do dia;
  • Evitar que líquidos sejam ingeridos junto a alimentos;
  • Realizar refeições em ambientes tranquilos;
  • Eliminar alimentos processados;
  • Criar hábitos de culinária para que se possa ter melhor consciência da alimentação;
  • Juntar alimentação saudável com outras práticas para a qualidade de vida e bem-estar.

Dessa forma, pode-se alcançar de modo efetivo um objetivo ideal. A qualidade de vida é o principal foco quando se trata de reeducação alimentar.

Isso porque ela pretende mudar todos os hábitos ruins que uma pessoa tem em relação a comida para transformá-la em algo saudável para toda a vida.

Conclusão

O emagrecimento por meio da reeducação alimentar é o ideal, pois apesar de ser demorado, ele ensina o indivíduo a forma correta de se alimentar, diminuindo todos os riscos de efeito sanfona.

Uma dieta balanceada feita por um nutricionista garante resultados visíveis logo nas primeiras semanas no quesito bem-estar.

É possível sentir então o corpo respondendo positivamente a essa carga de estímulos saudáveis que o indivíduo tem proporcionado a ele.

Conte aqui o quão interessado você está em mudar seus hábitos e compartilhe este artigo com outra pessoa que você saiba que também precisa lê-lo.

Entusiasta da alimentação saudavel, adoro ler e escrever. Atuo como redator e compartilho meus conhecimentos com o Receita Fit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.